Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Notícias
Solidariedade é o tema central da gincana do Colégio Universitário
Solidariedade é o tema central da gincana do Colégio Universitário

Gincana foi feita de forma online por conta da pandemia

 

A equipe Verde - Respeito, dos segundo e sétimo anos, foi a vencedora da Gincana 2021 do Colégio Universitário. O resultado foi divulgado nessa terça-feira, dia 3, no auditório da Esucri. Por conta da pandemia, ela foi realizada de forma com que a maioria das atividades fossem feitas com todos os cuidados necessários. Entre as provas, aquelas relacionadas à solidariedade tiveram mais destaque: doação de sangue para o Centro de Hematologia e Hemoterapia (Hemosc) Criciúma e arrecadação de meias para a Casa Guido.

 

Ao todo, foram recolhidos 635 pares de meias que serão destinados à entidade ainda essa semana, enquanto o Hemosc recebeu 20 doações de sangue de tipos que costumam estar em falta para quem mais precisa. Os estudantes tiveram um prazo de 30 dias para realizar essas atividades.

 

“Nossa gincana contou com três objetivos principais: fomentar o espírito de equipe em tempo de pandemia, aproximá-los mais uns dos outros; trazer um pouco mais de leveza, pois ao retornar para o ensino presencial, os alunos estavam com receios e praticar estes atos de solidariedade”, comentou a diretora geral do Colégio Universitário, Ingrid Martins.

 

 

Para o professor Fernando Lucas Selau, responsável pela equipe vencedora, foi muito gratificante trabalhar com dois anos juntos, o sétimo e o segundo. “Eles realmente se uniram como grupo e participaram de forma muito natural, mesmo com a diferença de idade. Ambas as turmas tiveram consciência dos motivos nas provas de arrecadação/doação e isso, sem sombra de dúvidas, é o mais importante no processo”, ressaltou.

 

A premiação para a equipe será de dois pontos na média, em duas disciplinas que escolherem. “Agora começamos, nas aulas de filosofia, a retomar essa consciência acerca da doação na tentativa de que se torne um hábito neles. Foi muito bom ver eles trabalhando, quase sempre de forma proativa, sobrando para mim e para o professor César o monitoramento das atividades, a mediação das ações do grupo”, complementou.

 

 

Confira a pontuação final:

 

Equipe Verde - Respeito: 6540 

Equipe Vermelha - Gentileza: 4025

Equipe Amarela - Alegria: 3380

Equipe Azul - União: 3115

Equipe Rosa - Afeto: 2600

 

Texto: Natasha Monteiro, sob supervisão de Amanda Ludwig/Traquejo Comunicação

Foto: Divulgação/Esucri